terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Uma interpretação em chamas!

Maravilhosa, emocionante a interpretação de Jacques Brel nesta composição de sua autoria. É como sempre digo, a emoção não tem idade, nem tempo, não tem que ser atual ou antiga. É eterna e nos atinge com a mesma intensidade...

video

Nenhum comentário: